Conta gratuita

Introdução a Investigação de Mercados


Por que fazer pesquisas de mercado? Você sabe por que seus clientes não compram seus produtos? Ou talvez o que lhe interessa seja lançar uma campanha de marketing, mas você precisa saber o que seus clientes desejam. Ou talvez você esteja lançando um novo produto, mas antes de precisar conhecer certos detalhes e apenas seus consumidores podem ajudá-lo a obter essas informações. Em todos esses casos, você precisa coletar dados. E para isso, e muitos outros casos, você deve fazer pesquisa de mercado.


Por que realizar uma ivestigação de mercado? A pesquisa de mercado ajuda a entender as intenções de compra do consumidor ou fornece feedback sobre o crescimento do mercado ao qual você pertence. Você também pode descobrir informações valiosas que ajudam a estimar os preços do seu produto ou serviço e encontrar um ponto de equilíbrio que beneficie você e os consumidores.



O que é investigação de mercado?


Como é sempre bom começar com as noções básicas, devemos começar por definir primeiro o que é uma pesquisa de mercado:


A pesquisa de mercado é uma técnica usada para coletar dados sobre qualquer aspecto que você queira conhecer e depois interpretá-los e, no final, utilizá-los para a tomada correta de decisões.


Outra definição mais específica pode ser a seguinte:


Pesquisa de mercado é o processo pelo qual as empresas procuram fazer uma coleta de dados de forma sistemática para poder tomar melhores decisões, mas seu verdadeiro valor está na maneira como todos os dados obtidos são usados para obter melhor conhecimento do consumidor.


O que essas definições têm em comum? Que coletamos dados e os usamos para um propósito bem definido.


A indústria está mudando, os consumidores têm novos hábitos de consumo, outras necessidades ou preferências. Que circunstâncias os levam a agir dessa ou daquela maneira, o que determina que eles escolhem um produto ou outro? Um estudo de mercado nos diz onde focar nossos esforços e recursos.


Para fazer esta pesquisa, métodos estatísticos e analíticos e várias técnicas são usadas para obter os dados ou informações de que precisamos. Os relatórios feitos após a realização dessa investigação nos dão as bases para agir em favor do cliente e ter sucesso na empresa, além de definir, por exemplo, campanhas de publicidade e marketing, lançar novos produtos, etc.


Investigação de mercados

Vantagens de ferramentas de pesquisa para uma investigação de mercado


A pesquisa de mercado apresenta muitas vantagens se for realizada de maneira adequada; para isso, é necessário recorrer a várias ferramentas para coletar informações e possibilitar a compreensão dos resultados, sendo um dos mais utilizados. Pesquisas Online pois possuem vantagens como a capacidade de solicitar informações mais completas devido aos vários formatos suportados e além de serem mais baratas em comparação com pesquisas tradicionais ou outros sistemas de coleta.


Criamos o infográfico a seguir para que você conheça todas as vantagens de usar pesquisas on-line como uma ferramenta para realizar pesquisas de mercado.


vantagens das pesquisas para investigação de mercados


CRIAR CONTA GRÁTIS



Objetivos da investigação de mercado


Uma pesquisa de mercado possui três tipos diferentes de objetivos:


  • Administrativos: Ajudar o desenvolvimento da empresa ou negócio por meio de planejamento, organização e controle adequados de recursos materiais e humanos, a fim de atender às necessidades específicas do mercado no tempo exato.

  • Sociais: Satisfazer as necessidades específicas do cliente por meio de um bem ou serviço necessário, ou seja, que o produto ou serviço atenda aos requisitos e desejos do cliente quando for utilizado.

  • Econômicos: Determine o grau econômico de sucesso ou fracasso que uma empresa pode ter quando é nova no mercado ou não apresenta um novo produto ou serviço para conhecer com certeza as ações que devem ser implementadas.


Leia também: O comportamento do consumidor e a investigação de mercado.


Vantagens de uma boa pesquisa de mercado:


  • Há mais e melhores informações para poder tomar decisões sólidas que promovem o crescimento da empresa e a tornam mais eficiente.

  • Fornece informações precisas e reais para ajudar a resolver problemas futuros que possam surgir.

  • Você saberá o tamanho do mercado a ser coberto em caso de venda de um produto ou serviço.

  • Determine o sistema de vendas correto de acordo com o que o mercado está solicitando e, portanto, o marketing é mais eficaz.

  • Ajuda a saber como as preferências (e os gostos) do cliente mudam para que a empresa possa satisfazer preferências, hábitos de compra e nível de renda.

  • Além de gerar informações que nos ajudam a saber como os consumidores nos percebem.

  • Ao realizar investigación de productos, você pode determinar qual deve ser fabricado ou vendido com base nas necessidades específicas dos consumidores.

  • Serve de guia para comunicação com clientes atuais e potenciais.

  • A pesquisa de mercado ajuda a entender as tendências do mercado, fazendo-o com frequência para conhecer os clientes em profundidade.

  • É um ótimo investimento para qualquer empresa, pois fornece informações valiosas e mostra o caminho a percorrer para alcançar as vendas necessárias.

  • Ao pesquisar adequadamente o mercado, sem dúvida, daremos um passo à frente e, portanto, aproveitaremos nossos concorrentes.


Descubra as vantagens de realizar uma investigação online.


Métodos de coleta de dados em investigação de mercados” title=“Métodos de coleta de dados em investigação de mercados

Passo a passo de como realizar uma investigação de mercado


O planejamento é vital para o processo de pesquisa de mercado. Saber o que fazer diante de várias situações que surgem durante a investigação economizará tempo e problemas.


Leve essas dicas em consideração para o seu processo de pesquisa de mercado:


  • Definir o problema. Planejar um problema de pesquisa corretamente, ele irá ajudá-lo ao fazer suas perguntas. Não esqueça que suas perguntas devem ter como objetivo solucionar problemas e devem ser adaptadas ao projeto que você realiza. Certifique-se de que suas perguntas sejam escritas com clareza e de que os respondentes as entendam. Você pode fazer um teste com um pequeno grupo para descobrir se as perguntas que você fará são compreensíveis e fornecerão as respostas necessárias.

  • Definir a amostra. Uma amostra representativa é muito importante. Se você tiver respostas de pessoas erradas, sua pesquisa será inútil. Seu público-alvo representativo deve estar presente.


    Entenda mais: Amostra representativa da população nacional: do que se trata?

  • Realizar coleta de dados. Você deve primeiro desenvolver um instrumento de coleta de dados. O fato de eles não responderem à sua pesquisa ou responderem incompletamente causará erros em sua investigação. A coleta correta de dados impedirá isso.

    Conheça mais sobre: Vantagens de pesquisas online e offline como ferramenta de investigação.

  • Analise os resultados. Cada um dos pontos do processo de pesquisa de mercado está vinculado a outro. Se tudo isso for bem feito, mas não houver uma análise correta dos resultados, as decisões que você tomar não serão apropriadas. Analise em profundidade, não deixe pontas soltas, os dados existem para lhe dar soluções, sem mais problemas.

    Aqui alguns conselhos para melhorar a Análise de dados qualitativos: como fazer e quais as vantagens?.

    Lembre-se de que a análise que você faz dos dados será refletida em um relatório, que também deve ser redigido com clareza e convidar a tomada de decisão.

  • Construa seu relatório. Os relatórios de pesquisa devem responder ao problema e fornecer as informações de uma maneira que seja compreensível para as partes interessadas. Também podem ser feitas recomendações.

  • Tomar decisões! Agir e implementar.

Primero passo: Definir o problema


A primeira coisa que devemos fazer é formular ou definir o problema, isso pode parecer sem importância, mas uma definição precisa do problema ajudará a guiar-nos na direção certa em direção à sua resolução. Colocar o problema incorretamente é um desperdício de recursos, na melhor das hipóteses; e, na pior das hipóteses, decisões erradas. Bem diz a frase "um problema bem definido é um problema meio resolvido".


Para definir o problema, devemos nos perguntar onde ele surge. Os problemas geralmente surgem de necessidades.


É necessário que nossa definição do problema seja acompanhada por um conjunto de perguntas ou hipóteses que a investigação resolverá, que nos ajudarão a estabelecer os objetivos da mesma.


Nossos objetivos devem ser redigidos com precisão, sendo uma breve descrição das informações necessárias e o modo como as obteremos. Eles devem responder à pergunta "por que estamos fazendo a pesquisa?".


Não devemos esquecer a análise da situação, pois ela nos ajuda a descobrir e definir com precisão o problema. Nesta análise, incluímos o estudo de aspectos como macroambiente, concorrência no setor e perfil do consumidor. Fazemos isso discutindo, pesquisando e analisando as informações (secundárias) existentes e com a dinâmica de grupo.


Um problema bem definido é o nosso melhor guia, pois nos ajuda a determinar qual projeto de pesquisa é apropriado, que tipo de informação precisamos e por qual método iremos obtê-lo adequadamente.


Segundo passo: Definir a amostra


Para realizar pesquisas de mercado, precisamos de uma amostra representativa. Uma amostra representativa é um pequeno número de pessoas que reflete, com a maior precisão possível, um grupo maior.


Não podemos desperdiçar nossos recursos coletando informações da população errada. É importante garantir que as características que são importantes para nós e que precisamos investigar sejam encontradas na amostra escolhida.


Lembre-se de que sempre teremos tendência a cair em um viés de amostra, porque sempre haverá pessoas que não responderão à pesquisa por estarem ocupadas ou que responderão incompletamente, para que não possamos obter os dados necessários.


Quanto ao tamanho da amostra, quanto maior, maior a possibilidade de ser mais representativo da população. O fato de uma amostra ser representativa nos dá maior certeza de que as pessoas incluídas são as de que precisamos e também reduzimos um possível viés. Portanto, se queremos evitar imprecisões em nossas pesquisas, precisamos ter amostras representativas e equilibradas.


quantas-pessoas-deve-ser-minha-amostra

Praticamente todas as pesquisas consideradas seriamente são baseadas em amostras científicas, baseadas em teorias estatísticas e de probabilidade.


Explicamos duas maneiras de obter uma amostra representativa:


Como determinar o tamanho de uma amostra?


  • Amostra probabilística. A amostra será escolhida aleatoriamente, o que garante que cada membro da população tenha a mesma probabilidade de seleção e inclusão no grupo amostral. Devemos garantir que tenhamos informações atualizadas sobre a população de onde coletaremos a amostra e

  • Amostra não probabilística. A amostragem não probabilística procura ter diferentes tipos de pessoas para obter uma amostra representativa mais equilibrada. Conhecer as características demográficas de nosso grupo ajudará, sem dúvida, a limitar o perfil da amostra desejada e a definir as variáveis ​​que nos interessam, como sexo, idade, local de residência etc. Ao conhecer esses critérios, antes de obter as informações, podemos ter controle para criar uma amostra representativa que seja eficiente para nós.

Quando uma amostra não é representativa, teremos um erro de amostragem. Se queremos ter uma amostra representativa de 100 funcionários, devemos escolher um número semelhante entre homens e mulheres.


O tamanho da amostra é muito importante, mas não garante que a população de que precisamos seja representada com precisão. Mais do que tamanho, a representatividade está mais relacionada ao quadro de amostragem, ou seja, à lista na qual as pessoas são selecionadas para fazer, por exemplo, parte de uma pesquisa.


Se você quiser continuar expandindo seu conhecimento sobre Amostragem de público: definição, métodos e como usar com a QuestionPro veja neste artigo.


Terceiro passo: Realizar a coleta de dados


Antes de decidir qual métodos de coleta de dados irá escolher, é importante saber o que você deseja obter com esta pesquisa, para ter objetivos claros para saber qual técnica de coleta de dados nos dará melhores resultados.


Apresentamos 3 métodos:


1) Entrevista


As entrevistas são um dos métodos mais comuns. Se você decidir fazer isso, preste atenção especial às perguntas que você fará, que também dependem se você fará uma entrevista cara a cara, por telefone e até mesmo por e-mail.


Leve em consideração que geralmente são necessários mais recursos, tanto financeiros quanto pessoais, para realizar entrevistas. Especialmente se você decidir realizar entrevistas em campo ou por telefone.


Conheça 3 tipos de entrevistas para uma investigação.


2) Observação


Este método fornece informações sobre o comportamento atual. É considerado o método tradicional mais exato e econômico para estudar o comportamento. Pode ser direto, in situ; projetados, ou seja, colocamos a amostra em uma situação artificial para descobrir como eles respondem; rastreamento, que consiste em tentar obter informações indiretamente através de "resíduos" naturais de comportamento; e com dispositivos projetados, por exemplo, um medidor de tráfego.


Recomenda-se combiná-lo com outras metodologias. Por exemplo, você pode observar e ter uma plataforma como o QuestionPro em mãos em um dispositivo móvel, onde você tem acesso a um questionário criado com os pontos a serem investigados e preenchê-lo instantaneamente com as informações obtidas durante sua observação. Lembre-se de que você pode acessar nossa ferramenta online e offline.


Conheça mais sobre observação quantitativa e as características da observação qualitativa.


3) Pesquisas


É a principal escolha. Tem a vantagem de coletar uma grande quantidade de dados de cada indivíduo na amostra. Também é versátil, pois é aplicável a diferentes contextos. No entanto, tem a desvantagem de não ser fácil de implementar, porque, se o entrevistador não for bem treinado, ele poderá interpretar mal os erros durante a coleta.


No entanto, atualmente todas as desvantagens desse método foram resolvidas com a chegada de pesquisas on-line. Faça a coleta de dados através de um software para pesquisas online, tem um custo mais baixo do que, por exemplo, fazê-lo por meio de entrevistas presenciais, sem esquecer que você pode obter seus resultados em menos tempo, em vez de dias, semanas e até meses, que é o tempo necessário para coletar dados através de entrevistas ou do método de observação.


Ao usar o QuestionPro, você tem vários tipos de perguntas ao seu alcance, uso de variáveis lógicas e personalizadas que permitem obter melhores resultados, os resultados são em tempo real e os relatórios podem ser gerados em vários formatos. Leve em consideração que a maneira como você registra as informações será de grande ajuda ao analisá-las. Ser capaz de medir e apresentar relatórios com dados precisos e reais é muito importante para a tomada de decisão correta.


Independentemente do método que você escolher para coletar dados, é importante que haja comunicação direta com os tomadores de decisão. Que eles entendam e se comprometam a agir de acordo com os resultados. Portanto, devemos prestar atenção especial à análise e apresentação das informações obtidas. Lembre-se de que esses dados devem ser úteis e funcionais para nós, portanto o método de coleta de dados usado tem muito a ver com isso.


Quarto passo: Analizar os resultados


Analisar e interpretar os resultados é buscar um significado mais amplo que os dados obtidos. Todas as fases anteriores foram desenvolvidas para chegar a esse momento.


Como podemos medir os resultados que obtivemos? Os únicos dados quantitativos que obteremos são a idade, sexo, profissão e número de entrevistados, porque o restante são emoções e experiências que os interlocutores nos transmitiram. Para isso, existe uma ferramenta chamada mapa da empatia que nos obriga a nos colocar no lugar de nossos clientes com o objetivo de realmente identificar as características que nos permitirão fazer um melhor ajuste entre nossos produtos ou serviços e suas necessidades ou interesses.


Prepararemos um mapa de empatia por usuário com as seguintes variáveis:


  • O que você pensa e sente? Aqui, apontaremos o que realmente importa para o interlocutor: suas principais preocupações, preocupações, sonhos e aspirações.

  • O que vê? Informações sobre o seu ambiente e como você o percebe.

  • O que você ouve Neste campo, inseriremos tudo sobre o que seus amigos, familiares e seu ambiente de trabalho dizem (ou dizem).

  • O que diz e faz? Vamos inserir todas as informações obtidas sobre sua atitude em público e sua aparência.


A partir dessas quatro características, obteremos pontos fracos e fortes que nos ajudarão a tomar decisões e realmente conhecer nossos usuários em potencial. Então, teremos perfis, características de clientes e segmentos refletidos em cada mapa de empatia que ajudarão você a aperfeiçoar o produto antes de entrar no mercado e, posteriormente, segmentar a Internet em suas campanhas de marketing.


Quinto passo: Criar um relatório da pesquisa


Ao apresentar os resultados, você deve se concentrar em: para onde deseja ir e não assumir que o estrutura de uma pesquisa é a melhor maneira de fazer a análise. Um dos grandes erros que muitos pesquisadores cometem é que eles apresentam os relatórios na mesma ordem das perguntas e não vêem o potencial da narrativa.


conselhos-para-report

Conselho 1: Crie uma narrativa: reorganize as perguntas para que a história seja melhor contada.


Para fazer bons relatórios, os melhores analistas dão os seguintes conselhos: Siga o estilo de pirâmide invertida para apresentar os resultados, respondendo primeiro às questões comerciais essenciais que causaram a pesquisa. Comece com suas conclusões e dê-lhes fundamento, em vez de acumular evidências. Depois disso, você pode dar detalhes aos leitores que têm tempo e interesse.


Pense nos três tipos de interesse de seus leitores ao escrever seu relatório:


  • Tipo 1: Você quer a síntese do estudo.

  • Tipo 2: Quer conclusões com detalhes adicionais.

  • Tipo 3: Ele quer os detalhes de todo o corpo da investigação


Você deseja que cada um dos interessados em sua pesquisa extraia algo do seu relatório para que seja relevante para o trabalho deles. Se você fizer isso, não importa se a pessoa que usa sua pesquisa é um gerente de topo ou um analista, pois sempre haverá algo importante para cada uma delas em seu relatório.


Escreva seu relatório como se o leitor não fosse lê-lo na íntegra. Jornalistas do século XIX escreveram notícias longas e vagas, nas quais era necessário ler muito para chegar à história que eles estavam realmente relatando.


A profissionalização do jornalismo, há 110 anos, estimulou o desenvolvimento de narrativas, trabalhando com o estilo da pirâmide de reportagem invertida, onde há uma síntese das notícias mais importantes seguidas de detalhes adicionais.


Qual era a vantagem de contar histórias? Os editores puderam agora recortar o artigo para caber em um espaço físico no jornal e ainda continuar relatando os detalhes mais importantes do evento em questão. O benefício adicional para os leitores era que eles só podiam ler os títulos e os primeiros parágrafos para ter uma idéia geral das notícias e poder parar a qualquer momento. Crie seu relatório da mesma maneira!


Consejo 2: Não deixe que as perguntas do seu teste determinem como apresentar seus resultados


Ao fazer uso de novas variáveis, você pode apresentar os resultados de uma maneira melhor. Se você usa um software de pesquisa, lembre-se de que eles mostram os resultados na ordem em que o questionário foi projetado. No entanto, evitar o uso dessa ordem permitirá reestruturar seus dados para que você possa descobrir informações novas e mais valiosas.


No campo da pesquisa, essa prática é geralmente conhecida como "triangulação de resultados", ou seja, várias variáveis e informações coletadas na pesquisa são utilizadas para formular um novo resultado implícito nos dados coletados com a pesquisa.


A pesquisa e as perguntas estruturadas nela representam apenas alguns componentes para sua análise, não as use como base ou modelo a seguir ao enviar seu relatório.


No momento da análise dos dados, é muito comum se perder na avalanche de informações coletadas, no entanto, é sempre importante aprender a melhorar a análise dos dados para manter o foco nos resultados que queremos alcançar e utilizar todas as informações coletadas. na ordem necessária para obter o melhor resultado possível e tornar nossa pesquisa bem-sucedida e atraente, graças à sua correta análise dos dados.


Sexto passo: Tomar decisões


Não se pergunte por que fazer pesquisa de mercado, apenas faça!


A pesquisa de mercado ajuda você a aprender sobre uma ampla variedade de informações, por exemplo, intenções de compra do consumidor ou fornece feedback sobre o crescimento do mercado ao qual você pertence. Você também pode descobrir informações valiosas que ajudam a estimar os preços do seu produto ou serviço e encontrar um ponto de equilíbrio que beneficie você e os consumidores.


Exemplo de uma pesquisa de mercado


Como mencionamos anteriormente, há uma série de etapas a serem seguidas se você deseja fazer uma pesquisa de mercado profissional. Aqui está um exemplo simples de como você pode estruturar sua pesquisa para determinar ações e descobrir oportunidades que garantam o sucesso de uma empresa. seu projeto.


Pesquisa de mercado - exemplo


Empresa fictícia: Cupcake Creative


Determinar o problema: As vendas caíram e recebi muitas reclamações de clientes.


Objetivos: Determinar a satisfação e as opiniões dos funcionários.


Hipóteses: Os clientes não estão recebendo a atenção que merecem e, portanto, começaram a não comprar do negócio.


Tipo de Pesquisa: Qualitativa e Quantitativa


Técnicas e ferramentas para utilizar: Pesquisas online


Tamanho da amostra: 356 pessoas


Exemplo de pesquisa de mercado



AGENDAR DEMONSTRAÇÃO GRATUÍTA





Compartilhamos algumas recomendações para criar sua próxima questionário de investigação de mercados.


Esta pesquisa foi feita com o software de pesquisa QuestionPro e é distribuída por e-mails e sites. Dessa forma, é possível coletar as informações necessárias. Na metodologia de pesquisa, você deve estabelecer a duração e o número de respostas necessárias..


Uma vez atingida a cota de respostas, agora é a hora de analisar as informações, graças ao uso de ferramentas digitais, como pesquisas on-line, tornou-se um passo muito fácil de realizar


Exemplo de um relatório de Pesquisa de Mercado


Este é um dos exemplos de relatórios investigativos que você pode obter fazendo sua pesquisa usando o QuestionPro.




Conclusão: Os clientes estão insatisfeitos, por isso é necessário realizar ações que lhes permitam melhorar, estão satisfeitos com os produtos e sabores, além de estarem interessados em receber ofertas e promoções.


Este é um exemplo muito simples de como deve ser uma pesquisa de mercado completa, que pode ser tão complexa quanto as necessidades de cada negócio ou projeto; as etapas são quase sempre as mesmas, portanto, esperamos que esse exemplo simples tenha ajudado você a realizar a sua.


Compartilhamos outro exemplo de investigação de mercados: criado por um cliente QuestioPro na América Latina, "O preço de ser premium".


Saber por que fazer pesquisa de mercado reforçará seu trabalho para criar consumidores comprometidos com sua marca, produto ou serviço. Talvez o seu produto tenha outros usos além do que você imaginou quando foi lançado.


A pesquisa revela esse tipo de dados e também novas idéias, precisamente daqueles que têm as informações que o levarão a expandir seus negócios: clientes. Saber por que fazer uma pesquisa de mercado é muito importante, pois fornecerá as armas necessárias para você tomar melhores decisões em seus negócios.


Através de pesquisas de mercado, você pode avaliar o posicionamento da sua marca. A pesquisa eficaz ajuda a descobrir os atributos mais valiosos para o seu mercado, o quão fiéis são os clientes para a sua marca.


Ao analisar as informações obtidas, é possível realizar, por exemplo, uma campanha publicitária adequada às suas necessidades, eficaz e cujas informações impactam e atingem as vendas desejadas.


Se você quiser obter mais informações sobre esta e outras perguntas em nossa plataforma agende uma demonstração gratuíta e conte-nos sobre seu projeto e teremos o prazer de oferecer uma de nossas ferramentas de pesquisa que melhor se adequam às suas necessidades.


Veja mais...
exames-online

Exames e Avaliações Online






Recursos para você criar Testes, Exames, Provas Online, Avaliações com classificaçāo, Quiz e muito mais.



VER
pesquisa satisfação

Pesquisa de Satisfação






A pesquisa de satisfação é uma ótima maneira de saber se seus clientes gostaram de seu produto ou serviço. Se foram bem atendidos. Se comprariam na sua loja novamente. Como saber de tudo isso? Aplicando uma pesquisa de satisfação!



VER
Comunidades Online

Plataforma de Comunidades






Crie uma comunidade online para suas pesquisas de mercado, recrute participantes e colete informações em tempo real como moderador de tarefas e tome as melhores decisões para seu negócio.