Comprometimento organizacional: como melhorar?

O comprometimento organizacional é o nível de compromisso que um funcionário tem com a empresa na qual trabalha e é refletido no engajamento dos funcionários, determinando se um funcionário permanecerá na organização por um período mais longo e trabalhará motivado para atingir o objetivo da organização.


 

O que é comprometimento organizacional?

O comprometimento organizacional determina se os funcionários trabalham com compromisso e ajuda a prever o nível de satisfação do funcionário, o engajamento do funcionário, a distribuição da liderança, o desempenho do trabalho, a insegurança no trabalho e atributos semelhantes.

Os altos níveis de comprometimentos organizacionais estão relacionados ao desempenho empresarial superior, aumento da lucratividade, melhoria da produtividade, retenção de funcionários, métricas de satisfação do cliente, redução da rotatividade dos clientes e, acima de tudo, melhoria da cultura do local de trabalho.

Os funcionários comprometidos são altamente produtivos. Eles acreditam na organização, em seus objetivos, visão, missão e na equipe de liderança. Estes funcionários não apenas demonstram altos níveis de produtividade, mas também garantem que seus colegas e membros da equipe também exibam o mesmo.  Eles contribuem significativamente para aumentar a produtividade da equipe e são defensores eficazes e positivos de seus empregadores, além de fortes crentes e apoiadores dos produtos, serviços e políticas de seus empregadores.

>>> Realize uma avaliação 360 graus e identifique os pontos fortes e fracos de cada funcionário.

 

Teoria do comprometimento organizacional

De acordo com a teoria do Modelo de Três Componentes (MTC), há três componentes distintos do comprometimento organizacional:

  1. Comprometimento afetivo: é o apego emocional que um funcionário tem com a organização. Esta parte do TCM diz que um funcionário tem um alto nível de comprometimento afetivo, então as chances de um funcionário permanecer na organização por muito tempo são altas. Compromisso afetivo também significa que um funcionário não só está feliz, mas também engajado nas atividades organizacionais como, participação em discussões e reuniões, dando contribuições ou sugestões valiosas que ajudarão a organização, ética profissional pró-ativa, etc.
  2. Comprometimento de continuidade: é o nível de comprometimento em que um funcionário pensaria que deixar uma organização seria caro. Quando um funcionário tem um nível de comprometimento contínuo, ele quer permanecer na organização por um período mais longo porque sente que deve permanecer porque já investiu energia suficiente e se sente apegado à organização – apego que é tanto mental quanto emocional. Por exemplo, uma pessoa durante um período tende a desenvolver um vínculo com seu local de trabalho e esta pode ser uma das razões pelas quais um funcionário não gostaria de desistir porque está emocionalmente investido.
  3. Comprometimento normativo: é o nível de comprometimento onde um funcionário se sente obrigado a permanecer na organização, onde ele se sente que isso é a coisa certa a fazer. Quais são os fatores que levam a este tipo de compromisso? Pode ser uma obrigação moral onde eles querem ficar porque outra pessoa acredita neles. Ou eles sentem que foram tratados de forma justa e não querem correr o risco de deixar a organização e se encontrar arrependidos.

Exemplo: considere um indivíduo que está trabalhando com uma lucrativa empresa de pesquisa de mercado e está sendo bem pago. Nesta situação, há chances de que o indivíduo tenha um comprometimento afetivo onde ele está feliz em permanecer na empresa, mas também pode ter um comprometimento contínuo porque ele não quer abrir mão do salário e do conforto que o trabalho traz. Finalmente, dada a natureza do trabalho, o indivíduo sentiria a necessidade de permanecer no emprego, o que levaria a um comprometimento normativo.

>>> Descubra as motivações que levam os funcionários a seguir trabalhando na mesma empresa com a ajuda de um software de pesquisa de experiência do funcionário especializado.

 

10 passos para melhorar o comprometimento organizacional

 

1. Crie uma forte cultura de trabalho em equipe

A construção de uma forte cultura de trabalho em equipe facilita um ambiente de trabalho saudável. Dois funcionários em uma organização não podem ser exatamente os mesmos. Quando as pessoas vêm de origens diferentes, haverá diferenças na maneira como elas veem e percebem as coisas e o mesmo se aplica quando as pessoas trabalham em equipe. Entretanto, se uma organização promove uma cultura de formação de equipes, os funcionários serão motivados a trabalhar em conjunto e conseguir mais. Isto ajudará a aumentar seus níveis de comprometimento e criará uma harmonia de cultura de trabalho a longo prazo.

 

2. Comunique metas e expectativas claras aos funcionários

A maioria dos funcionários quer fazer parte de um futuro irresistível, eles querem saber o que é mais importante em seu trabalho e como podem alcançar a excelência em seu trabalho. Para que os objetivos tenham significado e sejam eficazes, os funcionários devem ser comunicados claramente sobre as metas e expectativas da gerência. Os funcionários, quando sentem um senso de propriedade, tendem a permanecer mais tempo em uma organização.

 

3. Seja transparente e incentivar uma comunicação aberta

Deixe os funcionários participarem do que está acontecendo dentro da organização, bem como de como eles podem contribuir mais para o desenvolvimento da organização. Quando uma organização é transparente com seus funcionários e compartilha números com eles, são maiores as chances de que os funcionários se sintam valorizados.

 

4. Mantenha a ética no trabalho

Os funcionários gostariam de se sentir bem com a organização com a qual estão trabalhando. Ter altos padrões de ética no trabalho faz com que os funcionários se sintam motivados e respeitosos com a organização. Quando os funcionários sabem que uma organização tem altos padrões morais, eles permanecem associados à organização. Uma boa ética de trabalho assegura a qualquer funcionário, que ele tem um campo de atuação igualitário na organização para realizar e fazer crescer suas carreiras.

 

5. Fomente uma cultura organizacional positiva

Uma cultura organizacional positiva é onde os funcionários se sentem felizes em fazer parte da organização, onde se sentem motivados e encorajados a compartilhar novas ideias e facilitar a comunicação com a gerência sem ter o medo de ser mal entendidos. Incentivar os funcionários a encontrar um ajuste pessoal com a cultura da organização.

 

6. Desenvolva a confiança

Quando os funcionários começam a desenvolver confiança entre si, bem como liderança, é um sinal positivo de desenvolvimento organizacional. Os funcionários observam constantemente a liderança da organização em busca de motivação e exemplo, aprendem habilidades de tomada de decisão e como ela ajuda nas mudanças estratégicas dentro da organização e se seu comportamento reflete o que eles dizem.

 

 

7. Incentive a inovação

A inovação é uma das melhores maneiras de incentivar os funcionários. Quando um funcionário tem a ideia de fazer as coisas de maneira diferente e melhor, não os desencoraje, pelo contrário, motive-os a apresentar novas boas ideias.

 

8. Forneça feedback construtivo e não críticas

Os funcionários devem receber um feedback construtivo sempre que necessário. Eles devem ser apreciados pelo que estão fazendo de bom, o que os ajudará a elevar seu moral. Diga aos funcionários quando eles estão errados, mas faça mais – diga a eles por que é errado e, acima de tudo – como fazer melhor. Há uma diferença entre crítica e feedback construtivo. A crítica só diz o que está errado, o feedback construtivo diz o que está errado, por que está errado, e como fazer certo!

 

9. Delegue tarefas de forma eficiente

Uma organização que funciona eficientemente conhece a arte de delegar tarefas. É preciso entender que nem todo trabalho pode ser feito por uma única pessoa, existem recursos dedicados em uma organização para realizar tarefas particulares. Quando o trabalho tiver distribuído eficientemente, ninguém, em particular, fica sobrecarregado.

 

10. Ofereça incentivos

Quando um funcionário tem um desempenho excepcionalmente bom, as organizações precisam valorizar sua contribuição. Nesses casos, é uma boa ideia oferecer incentivos ao funcionário para reconhecer seu bom trabalho e dedicação. Se a organização deseja que os funcionários tenham comprometimento suficiente, é essencial que a gerência os recompense adequadamente, pois coisas diferentes motivam pessoas diferentes.

>> Veja 5 ideias de benefício para funcionários.

 

Funcionários satisfeitos e engajados são uma vantagem para qualquer organização. É importante valorizar as pessoas que demonstram dedicação e comprometimento com a organização. As organizações precisam se aprofundar e encontrar a causa raiz dos problemas enfrentados por seus funcionários e tomar medidas oportunas para reduzir a rotatividade de funcionários.

 


Agora é hora de usar o melhor software de pesquisa online do mercado! Conheça todos os nossos produtos, recursos e licenças em uma demonstração da plataforma QuestionPro sem compromissos e totalmente em português.

 

Agendar demonstração grátis