Etapas para conduzir uma investigação científica

A investigação científica é um método de experimentação matemática e experimental que consiste em explorar, observar e responder a perguntas que permitirão a construção e teste de uma hipótese previamente estabelecida.

O processo consiste em desenvolver uma hipótese, que é testada por diferentes métodos e modificada até que os resultados sejam consistentes com os fenômenos observados e os resultados produzidos pelos testes.

A hipótese é essencial para o processo, pois é uma ferramenta que permite aos cientistas coletar informações, o que leva o pesquisador a explorar uma hipótese e a desenvolver amplas explicações gerais ou teorias científicas.

Características de uma investigação científica

Entre as principais características do processo de investigação científica estão as seguintes:

  • A hipótese deve ser testável, mesmo se o resultado a negue.
  • A pesquisa deve envolver raciocínio dedutivo para incluir premissas verdadeiras para chegar a uma conclusão lógica e raciocínio indutivo para adotar uma abordagem oposta.
  • Deve ser composto por uma variável independente, ou seja, não muda, e uma variável dependente ou variável.
  • O processo de experimentação consiste em um grupo experimental que se compara a um grupo controle.

Relação entre o método científico e a pesquisa de mercado

Etapas para conduzir uma investigação científica

Para realizar uma investigação científica, é necessário executar as seguintes etapas:

1. Observar

O primeiro passo na condução de uma investigação científica é observar, ou seja, identificar um fenômeno que queremos testar.

A observação geralmente não é levada em consideração em muitas ocasiões; no entanto, como é possível fazer perguntas quando você tem um fenômeno para estudar?

Amostragem de público: definição, métodos e como usar com a QuestionPro

2. Faça uma pergunta

Consiste em identificar o que você quer saber. O método científico começa quando você faz uma pergunta sobre algo que observa.

Estabelecer a pergunta é definir o que você deseja descobrir sobre esse fenômeno, respondendo à pergunta O quê? Quem? Como? Por quê? Onde? Quando?

Veja também: Plano de pesquisa: crie um e obtenha melhores resultados

3. Construa uma hipótese

Uma hipótese é uma suposição formal sobre um fenômeno. Esta etapa consiste em tentar responder à pergunta com uma explicação que possa ser comprovada, ou seja, como uma teoria de como algo funciona.

A hipótese é uma breve explicação da pergunta que você deseja responder ou uma afirmação que deve ser verificada por meio de experimentação.

Leia também: Método de pesquisa qualitativa – saiba as características que o distingue

4. Teste a tese

Seu experimento testa se sua previsão é precisa e se sua tese é compatível. Para isso, é necessário realizar testes precisos e justos. Se a hipótese não for viável, é provável que esteja incorreta.

Recomendamos repetir o experimento várias vezes para garantir que os primeiros resultados não sejam um acidente.

5. Realize uma análise de dados e estabeleça uma conclusão

Ao concluir o experimento, você deve coletar as medidas e analisá-las para ver se elas suportam sua hipótese. Quando não é positivo, os cientistas criam um novo processo com base nas informações obtidas.

Pesquisa empírica: conheça as etapas para executá-lo

6. Comunique os resultados

A última etapa do processo da investigação científica é a apresentação dos resultados, criando um relatório.

Os cientistas podem apresentar os resultados obtidos no processo de pesquisa em diferentes revistas on-line, blogs ou outras plataformas especializadas.

Importância de conduzir uma investigação científica

A pesquisa científica tenta minimizar o desvios que os cientistas podem adotar, ou seja, impede que sejam levados por crenças pessoais.

Este método fornece uma abordagem objetiva e padronizada para realizar experimentos e, assim, melhora seus resultados. Ao usar uma abordagem padronizada, os cientistas podem sentir-se confiantes de que seguirão os fatos e limitarão a influência de noções pessoais pré-concebidas.

A investigação científica funciona corretamente e, quando as hipóteses são confirmadas, é possível criar teorias com amplo alcance.

Também recomendamos: Pesquisa de mercado e análise de mercado Qual é a diferença?

Para agilizar seu processo de trabalho e para que tenha recursos que enriquecem seu projeto de pesquisa, utilize uma plataforma online de pesquisa, te convido a conhecer a Questionpro, uma solução completa em pesquisa e inteligência de mercado.

 

Siga-nos nas redes sociais e receba sempre dicas e novidades: Facebook, Twitter, Linkedin, Instagram