10 mitos da investigação de mercado.

A pesquisa de mercado é o combustível que impulsiona produtos, serviços e até ideias. Infelizmente os mitos da pesquisa de mercado freqüentemente afetam as marcas, especialmente nesta era digital de audiências sofisticadas; e com investigação de mercado e possível gerar insight para melhorar a performance das empresas.

Deixando de lado esses mitos, você se encontrará no caminho para alcançar seus objetivos.

Mitos da pesquisa de mercado mais comum

“Eu já conheço meu público, então não preciso conduzir investigação de mercado”

A maioria das organizações sabe a quem elas servem, mas o que elas não fazem é considerar todas as necessidades de seu público e seus possíveis pontos cegos.

Nestes tempos de competição, as tendências estão evoluindo em um ritmo acelerado. Uma mudança nas preferências do consumidor em redes sociais ou algo semelhante pode fazer uma grande diferença.

Além disso, a pesquisa em andamento também pode revelar motivações, desejos ocultos, etc., no público, o que pode mudar o jogo de uma marca, daí a importância de conhecer o mercado e as necessidades do cliente. Saiba mais: Focus group ou pesquisas: qual deles usar?

Imagine um mundo no qual o MySpace teria escutado a insatisfação das pessoas em relação a perfis desajeitados e cheios de spam. Este é apenas um exemplo da importância de ter uma visão completa do seu público.

“É muito caro”

Outro mito da investigação de mercado é que eles têm um alto custo. A realidade é que hoje é o pretexto menos aceitável para não realizar pesquisas de mercado.

Atualmente, pesquisas on-line podem ser feitas até no Facebook, Twitter e Instagram. E da mesma forma, plataformas de e-mail marketing podem custar quase nada e você pode alcançar seu público com muita facilidade e rapidez.

Não se preocupe em criar um grupo de foco em seu escritório ou financiar um estudo por meio de pesquisas telefônicas. Garanto-lhe que hoje existe um mundo digital que se ajusta ao seu orçamento. Leia Também: Técnicas qualitativas de pesquisa de mercado

“A pesquisa pessoal é melhor que online”

Para pesquisas qualitativas, esse pretexto pode ser usado, mas a verdade é que não é tanto. E para pesquisas quantitativas, pesquisas on-line são uma metodologia amplamente aceita, pois é um método bastante rápido e de baixo custo. De fato, para lhe dar uma ideia, mencionarei algumas das vantagens da pesquisa on-line:

  • Permite que os profissionais de marketing coletem opiniões de um amplo mercado
  • Os resultados são rapidamente recopilados e analizado.
  • Permite amostragem sem problemas dentro de regiões específicas
  • É eficaz em relação à proteção das informações pessoais do entrevistado.
  • E, claro, a pesquisa on-line é boa para o seu portfólio.

“Investigação de mercado leva muito tempo”

Outro mito da investigação de mercado é que leva muito tempo para ser capaz de realizá-lo. Vamos enfatizar mais uma vez a era digital em que vivemos.

Sim, a investigação deve ser tão precisa e meticulosa quanto possível. Mas a realidade é que hoje a realização de pesquisas de mercado é muito mais fácil do que nunca e leva menos tempo do que você imagina.

Graças às novas tecnologias e novas fontes de dados, os pesquisadores e especialistas em marketing têm mais opções do que nunca para coletar diferentes tipos de informações que vêm em todas as formas e tamanhos e que se encaixam em qualquer orçamento, etc.

Em suma, o mundo da investigação de mercado está disponível para você e para que sua pesquisa leve o mínimo de tempo possível e com o menor custo. Aprenda como conduzir uma investigação rápida e eficiente.

“Quanto maior, melhor”

No mundo da pesquisa atual, o tamanho não importa. Isso foi verdade em outros tempos, mas hoje não é. Vale ressaltar que atualmente as pesquisas são respondidas principalmente em celulares e, por isso, é necessário realizar pesquisas breves.

Marcas não precisam de grandes pesquisas. De fato, estudos mostram que a fadiga em responder investigação de mercado chega após 20 minutos, portanto, é melhor oferecer aos participantes um questionário curto e direto. Veja também: Dicas para a análise de dados de pesquisas quantitativos

Os entrevistados geralmente respondem mal se uma pesquisa é longa demais e respondem melhor se uma pesquisa for direta e concreta. Veja como fazer pesquisas móveis para telas pequenas.

“O quantitativo é o que importa”

Pesquisas bem construídas são, em grande parte, feitas de dados úteis. Vale ressaltar que muitas vezes o “porquê” dos dados também pode se tornar crucial.

Uma pesquisa quantitativa pode explicar a uma organização ou empresa que um determinado grupo demográfico não frequenta uma loja por determinadas horas, mas se você conhece o “por que” é difícil para essa empresa criar uma solução. É aí que uma pesquisa qualitativa entra em cena, questões abertas e entrevistas com análises subsequentes podem ser importantes na tomada de decisões.

Honestamente, nunca deveria ser pesquisa quantitativa versus pesquisa qualitativa. O mais recomendável é que haja um equilíbrio saudável entre os dois. Hoje existem muitas ferramentas que podem ajudá-lo a combiná-las e analisá-las da melhor maneira.

Graças a ferramentas como o QuestionPro, o mundo da pesquisa de mercado está mais acessível do que nunca. Além disso, vale ressaltar que as empresas estão cada vez mais interessadas em conhecer o “porquê”, para garantir que ofereçam aos seus clientes a melhor experiência.

“É muito fácil”

Este é um dos mitos mais comuns de pesquisa de mercado. O fato de ser capaz de obter informações que criam soluções digital e rapidamente não significa que seja algo “fácil e doce como o mel” ou que é brincadeira de criança.

Profissionais de marketing e pesquisadores devem trabalhar duro na pesquisa, eles devem sempre ser meticulosos. Da concepção de um questionário de forma eficaz, para fazer uma boa análise das respostas. Os pesquisadores devem tentar o melhor para obter sempre os melhores resultados. Eu convido você a ler: Pesquisa de mercado qualitativa para expandir seus negócios

Nós todos sabemos que há investigações realizadas o tempo todo e que muitas pessoas fazem isso o tempo todo, mas a realidade é que nem todas as pessoas o fazem bem. E para “bom” queremos dizer que eles realizam uma investigação real com resultados quantificáveis ​​e qualificáveis.

“Eu já tenho acesso a dados públicos para poder investigar mais.”

Adivinha que?

Seus concorrentes também têm acesso a esses dados públicos. Seus concorrentes têm o mesmo acesso a estatísticas de agências governamentais, balanços corporativos e associações comerciais.

Além disso, dados de diferentes fontes possuem diferentes metodologias. É possível que com estes você não possa fazer comparações precisas para responder estrategicamente às suas questões comerciais.

“Uma investigação é suficiente”

Um dos mitos da pesquisa de mercado é justamente esse que se concentra em acreditar que fazer apenas uma pesquisa é suficiente. A realidade é que os consumidores mudam constantemente seu comportamento. Mesmo quando a pesquisa não era digital, a pesquisa deveria ser contínua.

Infelizmente, as empresas geralmente param em pesquisas de mercado antes do lançamento de um produto ou serviço ou só vão ao público para aprender as reações iniciais.

Como disse um especialista, “a pesquisa de mercado deve ser realizada a cada seis meses para capturar com precisão a sensação do mercado, para os clientes e para a concorrência, que garantirá que a empresa não perca oportunidades valiosas”.
A continuidade de sua pesquisa pode variar, claro, aqui o importante é que sua coleta de dados não seja feita uma vez (claro, se você quiser permanecer na frente de sua concorrência e se quiser aumentar sua marca).

“Todas as empresas de pesquisa de mercado são as mesmas”

Se você decidir usar um parceiro para realizar sua pesquisa ou se decidir contratar uma agência para realizar sua pesquisa, tenha em mente que, na realidade, nem todas as empresas de pesquisa de mercado são iguais. Saiba mais: Processo de pesquisa de mercado – como projetar

Por exemplo, nosso serviço de público-alvo é especializado em fornecer aos clientes públicos de difícil acesso para pesquisa; veterinários, empresários, médicos, eleitores registrados, etc., e isso é algo que nem todas as ferramentas oferecem.

Em poucas palavras, pesquise um pouco mais se você realmente deseja trabalhar com uma empresa de mercado que faz esse trabalho ou se deseja contratar uma ferramenta para você fazer o trabalho.

Têm dúvidas? Verifique com nossos consultores on-line e agende uma demonstração de nossos produtos. Garanto-lhe que conversando com nossos especialistas, esses e outros mitos da pesquisa de mercado serão derrubados.

Para agilizar seu processo de trabalho e para que tenha recursos que enriquecem seu projeto de pesquisa, utilize uma plataforma online de pesquisa, te convido à conhecer à Questionpro, uma solução completa em pesquisa e inteligência de mercado.

Siga-nos nas redes sociais e receba sempre dicas e novidades: Facebook, Twitter, Linkedin.

 

Crie sua primeira pesquisa on-line
Comece em 30 segundos. Não é necessário cartão de crédito.