Amostragem aleatória simples, um tipo de amostragem de probabilidade

Amostragem aleatória simples é um dos tipos de amostragem probabilística existentes. Você já usou, você sabe em que se diferencia das outras?

Sabemos que um dos temas mais importantes para a pesquisa online é a amostragem, por isso, nós preparamos uma série de informações para ajudá-lo.

Abaixo, deixamos os principais tipos de amostragem probabilística e suas vantagens e desvantagens, uma vez que você optar por usar um modelo simples de amostra probabilística.

Os principais tipos  de modelos de amostragens de probabilidades são:

Amostragem aleatória simples é um método de amostragem probabilística que dá a cada elemento da população alvo, e a cada possível amostra de um tamanho determinado, a mesma probabilidade de ser selecionado.

Etapas para selecionar uma amostra aleatória simples

  1. Definir a população-alvo.
  2. Identificar um quadro de amostragem atual da população-alvo ou desenvolva um novo.
  3. Avaliar o quadro de amostragem para a falta de cobertura, cobertura excessiva, cobertura múltipla e agrupação.
  4. Determinsr um número único para cada elemento da trama.
  5. Criar o tamanho da amostra.
  6. Selecionar aleatoriamente o número específico de elementos da população.

Veja como fazer a seleção

Para selecionar o número de elementos da população é possível recorrer ao método de loteria. Isto é, uma tabela de números aleatórios é gerados aleatoriamente através de um programa de computador. Como resultado, com o sistema de sorteio, os números que representam cada um dos elementos da população alvo são colocados em chips. Após isso, os chips são colocados em um recipiente e misturados.

Em seguida, selecionam as fichas a partir do recipiente até que se tenha obtido o tamanho da amostra desejada. As desvantagens desse método de seleção é que consume muito tempo e se limitada a pequenas populações.

Em uma tabela de números aleatórios não se segue um padrão particular. Eles podem ser lidos de qualquer maneira, ou seja, horizontal, vertical, diagonal, para frente ou para trás.

O número de dígito utilizado deve corresponder ao tamanho total da população-alvo e o número que o investigador encontra que não combina com o atribuído ao elemento da população-alvo é ignorado. 

Você também pode usar software estatístico ou planilha de cálculos para gerar números aleatórios, e os elementos de populações cujos números correspondem aos números atribuídos gerados pelo software são incluídos na amostra.

Você pode selecionar um número de uma tabela  aleatória para usar-lo como o número de partida para o procedimento.

Amostragem aleatória simples

Subtipos de amostragem aleatória simples

Existem dois tipos de amostragem aleatória simples com a amostragem de reposição ou sem reposição.

Um exemplo da amostragem com reposiçã é que depois que um item é selecionado, a partir do quadro de amostragem, é devolvido e pode ser elegível novament. Da mesma forma, na amostragem sem reposição, onde o item depois de escolhido uma vez, é retirado e não pode mais ser selecionado.

Vantagem da amostragem aleatória simples

A vantagem está na possibilidade de produzir amostra representativa e permitir o uso de estatística inferencial nos dados. Sabemos que os procedimentos estatísticos necessários para analisar os dados e calcular os erros são mais fáceis do que os exigidos em outros procedimentos de amostragem probabilística.

Na amostragem sistemática, as chances de ser selecionado não são independentes entre si. Em outras palavras é em geral mais fácil do que em outros métodos de amostragem probabilística (tais como amostragem por aglomerados) para compreender e comunicar com os outros.

Desvantagem na amostragem aleatória simples

A desvantagem está na necessidade de ter um quadro com elementos de uma população, esse quadro deve ser apropriado. Caso não exista, criar um à partir do zero pode ser uma tarefa difícil e nada viável. Com isso pode-se afirmar que a amostragem aleatória simples é uma boa escolha para os estudos que requerem uma análise comparativa de pequenas categorias de uma população.

Porém a amostragem aleatória simples  pode não produzir um número suficiente de elementos de pequenos subgrupos.

Pontos fortes e fracos de amostragem aleatória simples:

Pontos fortes da pesquisa aleatória simples:

(comparado com outros métodos de amostragem probabilística)

  1. Cada combinação possível de amostragem tem igual probabilidade de ser selecionado. É mais fácil de compreender e comunicar a outros.
  2. Tende a produzir amostras representativas.
  3. Os procedimentos estatísticos necessários para analisar erros de dados e de software de estatística são mais fáceis.

Pontos Fracos da pesquisa aleatória simples

(Comparado com outros métodos de amostragem probabilística)

  1. Não tirar proveito do conhecimento que o pesquisador poderia ter sobre a população.
  2. Ter erros maiores e com menos precisão do que outros projetos de amostragem com o mesmo tamanho da amostra.
  3. Subgrupos da população tem interesses particulares e não podem ser incluídos com um número suficiente na amostra.
  4. Com a população dispersa, em que os custos por coleta de dados podem ser mais altos do que de outros modelos da amostra

Para agilizar seu processo de trabalho e para que tenha recursos que enriquecem seu projeto de pesquisa, utilize uma plataforma online de pesquisa, te convido a conhecer a Questionpro, uma solução completa em pesquisa e inteligência de mercado. 

Siga-nos nas redes sociais e receba sempre dicas e novidades: Facebook, Twitter, Linkedin, Instagram.

Crie sua primeira pesquisa on-line
Comece em 30 segundos. Não é necessário cartão de crédito.