Como avaliar a cultura de trabalho na sua empresa

Cultura de trabalho: sua organização se preocupa em avaliá-la?  A avaliação da cultura é definida como um processo de ajuste que ajuda as organizações a diferenciarem cultura ideal e cultura real.

A avaliação cultural inclui a análise das expectativas, experiências e filosofia de uma organização, bem como os valores que orientam o comportamento dos membros de uma organização.

Dentro de um local de trabalho, a cultura de trabalho é baseada em atitudes, crenças e também em regras escritas e não escritas que estiveram em vigor por um período de tempo.

A cultura também inclui a visão de uma organização para si e também para os funcionários associados a ela. A simples afirmação da cultura de uma organização é simplesmente a forma como as coisas são feitas lá e, portanto, é importante que as organizações avaliem se estão fazendo certo ou não. Recomendamos também a leitura de: A receita secreta para uma boa cultura corporativa

Modelo de avaliação de cultura organizacional

O Modelo de Valores Competitivos tem sido reconhecido como um dos modelos mais competentes para a avaliação da cultura organizacional. Ele surgiu originalmente de pesquisas empíricas que focam em como tornar qualquer organização competente e eficaz. Este modelo foi testado e implementado em muitas organizações para analisar e avaliar sua cultura. Leia mais em: Cultura organizacional e segurança cibernética

O Modelo de Valores Competitivos (CVF) consiste em quatro quadrantes. Há alguns fatores que são semelhantes para as organizações e, em seguida, fatores distintos que diferenciam cada organização.

Algumas organizações podem ser eficazes em demonstrar flexibilidade e adaptabilidade, mas outras podem ser eficazes e eficientes em demonstrar estabilidade e controle.

Os quadrantes e os valores associados a eles são mostrados abaixo:

O Quadrante de Colaboradores

Representa as pessoas, processos e objetivos de uma organização que dá origem à cooperação entre seus funcionários. As organizações que estão no quadrante de colaboração são leais à sua comunidade, elas se concentram mais em comunicar suas ideias de maneira eficaz.

Sua cultura é orientada mais pela participação e construção de compromissos ao longo do tempo. As empresas colaboradoras, geralmente, parecem ser da escolha do empregado. Os líderes dessa organização acreditam que os relacionamentos são construídos com base na confiança e no cuidado com a comunidade.

A imagem organizacional é forte, não apenas para seus funcionários, mas também para seus clientes, é fácil confiar nessas organizações e fazer parceria com elas.

O quadrante da criatividade

O quadrante da criação representa uma cultura que favorece a criatividade, inovação e visão. As organizações que se enquadram nesse quadrante pensam na mudança instantaneamente, aqui a inovação é mais importante.

Podem  redescobrir-se instantemente como uma organização, desaprender e aprender.

As organizações que se enquadram neste quadrante seguem uma cultura caracterizada pela experimentação, flexibilidade e um olhar para o futuro. O foco é mais na geração de ideias e no aproveitamento das atividades empresariais.

O quadrante da concorrência

Esse tipo de quadrante se refere às organizações, em que há uma cultura de concorrência agressiva e conquistas.

As organizações que seguem uma cultura de concorrência se concentra nos resultados e em como alcançá-los. Em organizações como essas, as pessoas são identificadas como vencedores ou perdedores.

O principal objetivo dessas organizações é a participação de mercado, os benefícios, a renda, o valor da marca e a rapidez da resposta. Veja também: Pesquisas de publicidade para avaliar o impacto de suas campanhas

O quadrante de controle

Este quadrante representa o tipo de pessoas e cultura que um desempenho confiável resulta.

As organizações que estão nesse quadrante tendem a ser mais sistemáticas, cuidadosas e práticas.

A cultura desta organização é mais centrada no planejamento, sistemas e processos eficientes,.

O principal objetivo dessas organizações é a otimização de alta qualidade, a redução de custos e o estabelecimento de políticas e procedimentos rigorosos que devem ser seguidos à risca.

Esse quadro competitivo fornece uma ampla gama de diretrizes e prescrições sobre como melhorar a cultura e o desempenho de uma organização. Leia mais em: Dicas para melhorar seu atendimento ao cliente virtual

Como avaliar a cultura de trabalho? Primeiro, conheça-la!

Quais são os valores que determinam a cultura de uma organização? Embora a cultura não seja imediatamente observável, a identificação de um conjunto de valores é sempre útil para saber como avaliar a cultura de trabalho e gerenciá-la de forma mais eficaz.

Se você precisa avaliar a cultura de trabalho, a primeira coisa que você deve fazer é saber que tipo de cultura está sendo seguida em sua organização. Lembre-se de que nenhuma cultura é boa ou ruim. Não há duas empresas que tenham a mesma cultura. Você não pode copiar a “cultura”, você pode construir sobre ela.

Tipos de cultura de trabalho

A seguir estão os tipos de cultura de trabalho que você pode identificar em uma organização:

  • Inovadora:

    As organizações que tendem a ter uma cultura inovadora são flexíveis, adaptáveis e prontas para experimentar. Em organizações como essas, o título e a hierarquia são minimizados.

  • Agressiva:

    Empresas com culturas agressivas sempre querem superar seus concorrentes e a concorrência. Esse é o objetivo central dessas organizações. Essas empresas, geralmente, são baixas em termos de responsabilidade social corporativa.

  • Cultura orientada para resultados:

    As organizações que têm esse tipo de cultura são aquelas que dão mais ênfase às ações do que a qualquer outra coisa. São organizações mais orientadas para a venda, onde números e números são colocados na mesa toda vez que há uma discussão. Essas empresas geralmente responsabilizam seus funcionários e gerentes pelo sucesso e usam sistemas que recompensam os funcionários por suas conquistas.

  • Estável:

    Organizações que tendem a ter uma cultura estável são mais burocráticas em sua abordagem. Quando o ambiente é estável e previsível, essas organizações funcionam melhor. Essa cultura impede a ação rápida e, portanto, pode ser uma má adaptação às mudanças dinâmicas. As instituições do setor público podem ser consideradas como organizações de cultura estável.

  • Cultura orientada para o funcionário:

    As organizações que praticam esse tipo de cultura dão mais ênfase à justiça e ao respeito pelo indivíduo. Nessas organizações, a administração dá mais um passo para tratar seus funcionários com a maior dignidade. Recomendamos também: Pesquisa de ambiente de trabalho para funcionários: Razões pelas quais funciona

Se você quer saber como avaliar a cultura de trabalho, primeiro você precisa começar a se identificar com um certo tipo de cultura. Através desses valores, você será capaz de entender onde eles estão atualmente e onde eles desejam estar no futuro como empresa.

15 perguntas para avaliar a cultura de trabalho de uma empresa

Uma pesquisa com funcionários ajuda a organização a não apenas entender qual é sua cultura, mas também a medi-la. Definir as perguntas da pesquisa é extremamente útil quando se trata de reunir informações dentro de sua organização. Cada funcionário contribui para a cultura da empresa. Leia também: Modelo Racional de Perguntas e Perguntas de entrada

Todas as organizações têm uma cultura semelhante? Não. Você pode replicar a cultura? Não. Você pode forçar uma certa cultura? Não.

Como organização, é importante que você conheça sua cultura. As perguntas a seguir ajudarão você a saber como avaliar a cultura de trabalho:

  1. Você acha que a gestão é flexível e adaptável às mudanças propostas?
  2. Os indivíduos e equipes têm metas claramente definidas relacionadas à missão e visão da organização?
  3. Falta autoridade às equipes para realização de tarefas?
  4. Você acha que a gerência fornece suporte suficiente para atender às necessidades dos clientes?
  5. As pessoas se valorizam mutuamente em uma equipe?
  6. Você se sente pressionado pela alta gestão?
  7. As políticas e procedimentos ajudam você?
  8. A administração está preocupada com os problemas que os funcionários da empresa enfrentam?
  9. Você acha que tem um claro entendimento de como proceder em um processo de mudança?
  10. A administração responsabiliza os funcionários se as coisas não funcionam bem nessa organização?
  11. A administração compromete as políticas e os princípios da empresa para atingir seus objetivos?
  12. A mudança acontece muito rápido nesta organização levando a interrupção?
  13. Você pode influenciar o local de trabalho com suas ideias e crenças?
  14. As pessoas, equipes e área funcional têm objetivos incompatíveis?
  15. Os gerentes de todos os níveis trabalham juntos para alcançar os objetivos?

A partir de uma avaliação de funcionários, você pode analisar sua posição como organização em termos de cultura e também se autoavaliar. É melhor partir dos principais executivos para desenvolver uma filosofia organizacional compartilhada e definir o tipo de políticas e programas que podem funcionar para colocar em prática o que foi aprendido durante o processo.A liderança nas organizações terá que desempenhar um papel mais importante para facilitar a melhoria da cultura. É um papel que exigirá dedicação e comprometimento, pois a mudança não pode ser implementada da noite para o dia. 

Como organização, você também deve começar a estabelecer as bases para um impacto. Saber avaliar a cultura de trabalho é um grande passo. Lembre-se que no QuestionPro podemos ajudá-lo a criar pesquisas e distribuí-las à sua equipe de trabalho.

Para agilizar seu processo de trabalho e para que tenha recursos que enriquecem seu projeto de pesquisa, utilize uma plataforma online de pesquisa, te convido à conhecer a Questionpro, uma solução completa em pesquisa e inteligência de mercado.

Siga-nos nas redes sociais e receba sempre dicas e novidades: Facebook, Twitter, Linkedin, Instagram

 

Crie sua primeira pesquisa on-line
Comece em 30 segundos. Não é necessário cartão de crédito.