Importância do feedback do cliente

O que seus clientes dizem é incrivelmente valioso. O feedback positivo impulsiona os negócios e as críticas podem ajudar a melhorar sua oferta, por isso a importância do feedback do cliente.

Os clientes publicam comentários sobre seus produtos e serviços na Internet. Isso pode acontecer por meio das redes sociais, como o Twitter e o Facebook, e também por meio de um número crescente de empresas especializadas em comentários como a Trustpilot. Veja também: Marketing Social: A importância das Redes Sociais pro seu negócio.

O espetacular aumento no Facebook e no Twitter gerou enorme interesse comercial nas redes sociais. Além do chat, há exemplos limitados de atividades lucrativas nessas rede social. Pode-se dizer que os comentários dos clientes são úteis para as empresas. Saiba mais em: Presença nas redes sociais, caminho para alcançar o sucesso

Aprenda com o cliente para aumentar as vendas

O caso do feedback

É um fato que todo negócio importante, atualmente, recebe feedback em toda a web, e não importa se eles desejam ou não. Esta é uma grande mudança. Antes da internet, os clientes insatisfeitos tinham opções limitadas.

Claro, eles poderiam ligar para a empresa e talvez dizer aos amigos. Havia padrões comerciais ou mesmo ações legais, mas nenhuma era uma ameaça séria. Hoje é diferente. Como resultado, é difícil encontrar qualquer razão pela qual um minorista on-line sério, queira evitar revisões de produtos e serviços gerados pelo usuário em seu site.

Garanta que há muitos bons comentários para equilibrar qualquer comentário negativo. Isso fornece informações para a administração e coloca os problemas rapidamente em primeiro plano, o que permite que eles sejam resolvidos antes de ficarem fora de controle.

Implementados da maneira correta, os comentários podem adicionar uma profundidade significativa e um senso de integridade às páginas do produto. Aprender com o cliente ouvindo-o é muito importante para o crescimento dos negócios.

Os concorrentes não podem copiar facilmente e a variedade de texto é atraente para os mecanismos de pesquisa: os clientes usarão as palavras-chave mais relevantes e mais recentes.

O Google agora tem tags para comentários específicos, colocando as informações diretamente na sua página de resultados. Veja também: Pesquisa para o Facebook, use redes sociais em sua pesquisa.

Aumento nas vendas

Com a suposição de que seu objetivo é um serviço de boa qualidade, os excelentes comentários de compradores anteriores facilitam a conquista de clientes em potencial.

As pesquisas mostram que, provavelmente, você consiga superar um aumento de 10% nas vendas com um bom sistema de feedback, assim como obter os benefícios das melhores posições nos mecanismos de busca.

Feedback não adulterado

Há duas opções para lidar com comentários e aprender com o cliente: eles podem ser gerenciados por você ou por um terceiro independente. A segunda opção parece loucura: por que você gostaria de desistir da opção de editar ou remover comentários venenosos? Mas se você manipular o feedback, você corre o risco de uma reação negativa ainda mais forte. E ninguém gosta de censura.

Manter comentários negativos em seu site, faz com que eles sejam menos  propensos a aparecer em outro lugar e garante que você possa responder mostrando a ação que você realizou. Pessoalmente, quando olho para os comentários, procuro alguns comentários negativos. Na minha opinião, isso valida o positivo.

Toda empresa erra de vez em quando e todas possuem clientes desconfortáveis. Os comentários que soam como uma cópia de marketing são comentários que devem ser ignorados. O negativo respalda a validade do positivo, e a maneira como você lida com os problemas melhora sua imagem.

Não ignore um cliente insatisfeito, ouça-o!

Apenas clientes, por favor!

Há boas razões para restringir comentários a clientes reais, que é o modo como a Feefo trabalha. Eles estão ativamente engajados, você pode solicitar seus comentários diretamente e facilitar a resposta. Na prática, muitos outros comentários serão enviados para seus próprios clientes.

Essa abordagem também exclui concorrentes e impede que clientes insatisfeitos façam comentários repetidos. Este é um problema real com sistemas de feedback irrestrito.

O jogo final

As redes sociais estão se tornando a norma. Os compradores esperam uma experiência muito mais interativa e estão cada vez menos impressionados com a cópia de marketing. Aprender com o cliente é fundamental, mas antes era possível administrar uma empresa ignorando esse aspecto.

A escolha agora é entre ajudar os clientes e fornecer comentários que possam aumentar suas vendas ou ignorar o problema e não ter certeza do que acontece.

6 dicas para vender no exterior através do seu site.

Se você tem um negócio on-line, o mundo poderia ser seu horizonte. Mas há algumas vantagens e desvantagens definitivas quando se trata de vender no exterior.

A boa notícia sobre o gerenciamento de um negócio de comércio eletrônico é que grande parte da experiência que você usa para visitar o site pode ser usada no mercado internacional.

Em particular, as habilidades em otimização de mecanismos de busca (SEO) e propaganda pay-per-click (PPC) também podem ser aplicadas para atrair visitantes do exterior. Veja também: Como avaliar o mercado internacional e expandir seus negócios

Aqui estão algumas coisas importantes a se considerar:

A Europa ainda é, geralmente, respeitada em todo o mundo. Vale a pena levantar a bandeira e deixar claro que você tem sua base aqui. Verifique se você conhece as regras sobre o IVA. Se você precisa ou não cobrar o IVA dependendo do que você vende. Muitas orientações estão disponíveis online. Um bom software de contabilidade (junto com um bom contador) ajudará você a cumprir essas regras.  Recomendamos também: Dicas para melhorar seu atendimento ao cliente virtual

Financeiro

  • O processo de pagamento deve ser simples. Se você permitir que os compradores paguem por cartão, seu provedor de cartão resolverá qualquer alteração de moeda. Você receberá euros, mas seu cliente será cobrado em sua moeda local. Você não precisa fazer nenhuma alteração em sua loja, embora possa mostrar um preço indicativo em euros e dólares.
  • O envio para o exterior também é bastante simples. É mais fácil com um operador internacional reconhecido como UPS, Fedex ou DHL, porque eles podem ajudar em qualquer problema. Certifique-se de preencher uma declaração alfandegária. Desde que o seu produto seja legal no país para o qual você o está vendendo, tudo bem. Quanto às tarifas alfandegárias ou de importação, a maioria dos varejistas deixa isso para o comprador. No entanto, indique isso em seus termos e condições, pois os clientes podem ficar confusos se forem solicitados pagar alguma taxa na entrega.
  • Por fim, considere o risco da moeda, se você decidir mostrar os preços na moeda local do cliente. Para minimizar esse risco, seu website deve recalcular dinamicamente os preços de acordo com as taxas de câmbio mais recentes.

Fraudes

  • O maior risco quando se vende no exterior é a fraude. É mais provável que as encomendas do exterior sejam de scammers, simplesmente porque é mais fácil escapar com fraudes através das fronteiras internacionais. Muitos sistemas de prevenção contra fraudes, como verificação de endereço, não funcionam com cartões no exterior. Você pode avaliar o risco de fraude entrando em contato com seu banco ou provedor de serviços de pagamento. Também vale a pena conversar com outras empresas do seu setor para ver se elas tiveram problemas.

Aprender com o cliente através de feedback será sempre um excelente recurso para levar seu negócio adiante. Leia também: Cinco ferramentas móveis para uma pesquisa de mercado

Para agilizar seu processo de trabalho e para que tenha recursos que enriquecem seu projeto de pesquisa, utilize uma plataforma online de pesquisa, te convido à conhecer a Questionpro, uma solução completa em pesquisa e inteligência de mercado.

Siga-nos nas redes sociais e receba sempre dicas e novidades: Facebook, Twitter, Linkedin, Instagram